logo

Tudo o que você precisa saber sobre Certificados Digitais!

O que é um certificado digital?
rip_boleto Certificado digital é uma assinatura, com valor legal. Seria quase o mesmo que dizer que é o "equivalente" a uma assinatura autenticada em cartório! No caso dos certificados digitais, essa "assinatura" ocorre no âmbito digital, ou seja, assinando digitalmente arquivos digitais, como PDF's, XML'S e etc.
Uma vez que um documento tenha sido assinado digitalmente, o mesmo não poderá mais ser alterado. Caso o seja, independente da alteração, a assinatura digital perde seu valor, garantindo desta forma a legitimidade dessa assinatura. Para essa verificação utiliza-se validadores capazes de verificar se o documento sofreu ou não alteração.
Como se faz para emitir um certificado digital?
Um certificado digital pode ser emitido tanto para Pessoas Físicas, como para Pessoas Jurídicas. Para emitir um certificado digital é necessário que o interessado compre o mesmo de um Autoridade Certificadora (AC) e compareça em frente a um Agente de Regsitro (AR) para coleta de documentos, dados, fotos e até mesmo impressões digitais para cadastramento biométrico.
Existe toda uma hierarquia bastante interessante por trás da regulamentação e emissão de certificados digitais, toda essa hierarquia começa no ICP-Brasil (Instituto Nacional de Tecnologia da Informação), no entanto deixaremos essas explicações para um outro dia.
Quais são os tipos de certificados digitais existentes?
Atualmente existem dois tipos mais comuns sendo comercializados:
O A1 e o A3. Sendo que o A3 ainda pode ser entregue em um cartão (smartcard) ou um PenDrive (token), ao contrário do A1, que nada mais é do que um simples arquivo de computador, com extensões normalmente ".PFX" ou ".P12".
Existem ainda outros tipos de certificados para Equipamentos, Servidores ou Sites, por exemplo. No entanto, até para não perder o foco, manterei as explicações no A1 e no A3.
Tanto o A1 como o A3 exercem as mesmas funções, porém possuem pequenas diferenças entre os modelos.
Além da diferença básica (mídia) que separa o A1 do A3, existem outras, como:
-Atualmente o A1 é emitido com validade máxima de um ano, diferentemente do A3 que normalmente se comercializa com validade para 3 anos;
-A versatilidade do A1 é maior, a começar porque este certificado pode ser utilizado em vários computadores e ao mesmo tempo, diferentemente do Cartão ou Pen Drive, que precisa estar aos cuidados da pessoa que o está utilizando;
-A segurança do A3, por sua vez é maior. A própria mídia em que ele se encontra já garante isso. Não classifico isso como uma grande vantagem, já que o A1 também é bastante (e suficientemente) seguro, mas certamente é uma diferença a ser apontada.
Dica importante!
Antes de comprar o seu certificado digital, vale questionar o seu fornecedor de soluções de notas fiscais eletrônicas, ou gestão de processos digitais e inclusive o seu contador sobre qual o tipo de certificado que eles aceitam / preferem.

Por Rafael Spilki
CEO - Fluidez
08/02/2018 14:35:00


Quer conhecer mais informação sobre nosso sistema de gestão, ou como emitir, também de forma extremamente fácil, Boletos com Registro, NFS-e, NFC-e ou NF-e? Veja isto e muito mais clicando aqui!


Fale Conosco

Nome: *
E-mail: *
Mensagem: *
9.png
Digite estes números de verificação ao lado
*